quinta-feira, 25 de dezembro de 2008

ANEIS INTRACORNEANOS


Consulte Vídeo de Implante de Anéis Intracorneanos aqui



Ceratocone

Ceratocone (ou queratocone) é uma anomalia frequente da córnea (prevalência aproximada de 50 por 100.000 pessoas), na qual a sua área central ou paracentral sofre um adelgaçamento e aumento progressivo da curvatura de tal forma que a córnea toma o aspecto de um cone.

A forma típica de apresentação ocorre na adolescência ou no adulto jovem e progride durante os 10 a 20 anos seguintes.

Graças ao aparecimento dos anéis intracorneanos, que têm como objectivo regularizar a área afectada da córnea e impedir a evolução do ceratocone, tornou-se possível reabilitar visualmente aqueles pacientes, possibilitando novamente o uso de óculos e/ou lentes de contacto.

Quando o uso de óculos e de lentes de contacto se tornam impossíveis e, devido à evolução da doença, os anéis intracorneanos não têm indicação, o transplante de córnea torna-se o tratamento de escolha.

A melhor atitude no ceratocone é o acompanhamento regular e periódico destes pacientes para podermos adoptar a tempo medidas que visem melhorar o seu bem-estar e a recuperação visual mais rápida.


_ _

Caso Clínico 1

Empresária de 51 anos com Ceratocone bilateral.

Motivo da consulta: Olho vermelho, fotofobia, lacrimejo, edema da pálpebra superior e sensação de corpo estranho no olho esquerdo desde há dois meses.

Antecedentes: Operada em 2009 ao olho esquerdo (implante de um segmento de anel de Ferrara® no lado temporal).

Apresentava exteriorização parcial do segmento de anel implantado há seis meses.

O segmento de anel foi imediatamente explantado.

Fotografias do olho esquerdo uma semana após o explante do segmento de anel. Nota-se o leucoma ("cicatriz") no local onde estava o segmento de Ferrara®.

Sete meses após o explante do anel, foram implantados dois segmentos de anel (Intacs®)


Fotografias tiradas um mês após o implante dos Intacs®.

Quatro meses depois tem acuidade visual melhor corrigida do olho esquerdo de 8/10. Sem queixas.

 _ _

Caso Clínico 2

Gestora de 29 anos, saudável.
Motivo da consulta: Deixar de usar lentes de contacto (e óculos) por não as tolerar.
Acuidade visual (óculos) do olho direito -2.75 -1,25x170º = 6/10 e olho esquerdo -3,25 -3,50x180º = 1/10.
Foi-lhe diagnosticado um Ceratocone tipo 1 (toda a área ectásica está limitada a uma metade da córnea) bilateral, com mapa queratométrico assimétrico infero-temporal.
Queratometria do olho direito: Kmáx.= 48,4 D ; Sim K = 48,3 - 45,7 D e olho esquerdo: Kmáx. = 48,1 D ; Sim K = 47,9 - 45,7 D.

Foi implantado um segmento de anel de Ferrara® (AF5.160/20) com incisão a 92º na região temporal da córnea do olho direito e, um segmento de anel de Ferrara® (AF5.160/15) com incisão a 100º na região temporal da córnea do olho esquerdo.

Imagem vencedora do 1º Prémio no 51º Congresso da Sociedade Portuguesa de Oftalmologia
(Olho esquerdo - Fotografia tirada ao 5º mês pós-operatório)
Proposta para lentes fáquicas de fixação à íris, quando a sua refracção estabilizasse.

Nove meses após o implante dos anéis intracorneanos, a refracção era estável: olho direito -0,75 -3,00x100º e olho esquerdo -1,75 -2,50x90º.

Realizou implante de lentes fáquicas tóricas de fixação à íris, em ambos os olhos.



Um mês após a cirurgia, a paciente apresentava acuidade visual em binocularidade e sem correcção de 10/10.

_ _

Caso Clínico 3

Paciente de 56 anos.
Realizou várias cirurgias a ambos os olhos no Brazil.

Historial do olho direito:
1º LASIK (para corrigir a Hipermetropia e o Astigmatismo)
2º PRK (retoque pelo erro refractivo residual pós-LASIK)
3º Radiária (tentativa de correcção do erro refractivo residual pós-LASIK e PRK)
4º Trabeculectomia (tensão intraocular elevada)
5º Cirurgia de Catarata

Quando recorreu á consulta tinha acuidade visual do olho direito, melhor corrigida, de 2/10 com má qualidade de visão.
Após estudo propus implante de um segmento de Anel intracorneano.

 
 
Fotografias do olho direito duas semanas após o implante do segmento de Anel.

Quatro meses após a cirurgia o paciente tinha 8/10 de visão do olho direito sem correcção.
_ _


Outros Exemplos de Anéis Intracorneanos:

Aneis de Ferrara®






Intacs®

 
 
 
 

Keraring®

 
 
_ _

4 comentários:

  1. viva

    eu fiz uma intervenção em abril de 2008 ao olho direito e melhorei mas as luzes, principalmente à noite incomodam-me imenso. Uso óculos e sinto que perdi qualidade no olho direito. Mas pelos vistos está tudo bem. É normal este sintoma?
    Obrigada

    ResponderEliminar
  2. Os meus cumprimentos.
    Ao implantar o(s) segmento(s) de anel no estroma corneano, temos que seleccionar o tipo de anel que vamos usar. Os aneis variam de espessura, de formato (secção vertical), de arco e de diâmetro. Estas caracteristicas podem influenciar as queixas de halos, glare e fotofobia que os pacientes sentem, principalmente em situações de pouca luz (pelo aumento do diâmetro pupilar). É também importante que o paciente entenda que o implante de aneis intracorneanos tem como objectivo a estabilidade do ceratocone, atrasando ou mesmo evitando o transplante de córnea. Desta forma nem sempre se consegue uma diminuição da graduação que usava nem aumentar a visão que já possuia.

    Álvaro Sá

    ResponderEliminar
  3. Boa noite ,
    eu vou fazer este implante de aneis em Dezembro pois tenho ceratocone. As lentes nunca foram possiveis os óculos já não fazem mais nada. Estou com algumas duvidas . Disseram-me que sairia no proprio dia , mas o olho vem tapado? fico logo a poder ver? A recuperação disseram-me também que seria de 3 dias , eu trabalho 14 h com 2 monitores , 3 dias de recuperação seram suficientes? Estou um pouco nervosa pois não sei como é o pós operatório , se vou inclusiver ter de mudar as lentes dos óculos que tenho actualmente. Pode-me ajudar a esclarecer?

    Obrigado
    Renata Fanica

    ResponderEliminar
  4. Os meus cumprimentos Renata Fanica.
    O implante de anéis intracorneanos pode ser realizado com anestesia tópica (colírios) ou geral. Em ambos os casos pode ter alta no próprio dia (sendo que no caso da anestesia geral temos que aguardar algumas horas no recobro, para garantir que você está em condições de ir para casa).
    Os olhos geralmente são protegidos por protectores de plástico transparente, durante o primeiro dia e noite, para evitar qualquer tipo de traumatismo.
    Ao terceiro dia pode ir trabalhar (caso se sinta bem) apesar da sua visão ainda estar turva. Geralmente é necessário alterar a graduação dos seus óculos e/ou lentes de contacto após o implante dos anéis.

    Álvaro Sá

    ResponderEliminar