quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

CONTACTOS


Mail:


Locais onde exerce actividade profissional:

Hospital Lusíadas (Porto): 800 20 1000 (todos os acordos)

Policlínica Central da Trofa (Trofa): 252 409 260 / 961 218 551

Clínica Fisioavenida (Vila Nova de Gaia): 223 773 410 (acordo com ADSE)

Clínica Luso-Espanhola (Porto): 225 432 321 / 2 / 3 (acordo com Multicare e SAMS)

Clipóvoa (Póvoa de Varzim): 252 690 950 (todos os acordos)

26 comentários:

  1. amariabispo@gmail.com01 novembro, 2009

    Bom dia DR Alvaro.gostei muito de ouvir a sua entrevista,acho k acima de tudo consegue explicar e alertar para o valor k os nossos olhos tem,de uma forma simples mas muito profunda.Bem haja por o bem k faz.
    cumprimentos
    Ana Maria Bispo.{astrologa]
    ~[clinica luso espanhola~}

    ResponderEliminar
  2. Boa tarde, Dr Álvaro!Tive conhecimento, através de uma amiga, do seu trabalho excelente bem como do seu profissionalismo e gostaria de me "livrar" dos óculos. Pensava que tal não era possível, pois já são progressivos. Tentei fazer uma marcação para o hospital da Arrábida, mas sem sucesso. Como deverei contactá-lo e poder usufruir dos serviços da ADSE?
    Cumprimentos
    Rosário

    rosarius_ferreira@hotmail.com

    ResponderEliminar
  3. Os meus cumprimentos, Dª. Rosário.
    Tenho convenção com ADSE na Clipóvoa (Póvoa de Varzim) e na Clínica Fisioavenida (V.N.Gaia).

    Álvaro Sá

    ResponderEliminar
  4. Dr. Alvaro, todos os adjectivos para o descrever são poucos no dicionário portugues. Os que mais me encantam são: humano, divertido e o melhor profissional............

    ResponderEliminar
  5. fabiano r gomes tenho miopia e astigmatismo grau olho esquerdo esf -16,75 cil -2,50 eixo 10gr dp media olho direito esf -14,75 cil -3,75 eixo 170 qual cirurgia o sr me recomenda

    ResponderEliminar
  6. Os meus cumprimentos, Sr. Gomes.
    Partindo do princípio que você tem menos de 55 anos e que os seus olhos reunem todas as condições necessárias, sou da opinião que o melhor método para corrigir o seu erro refractivo é o implante de lentes intraoculares fáquicas tóricas.

    Álvaro Sá

    ResponderEliminar
  7. Ricardo Soares14 outubro, 2010

    Desejava agradecer profusamente ao Sr. Dr. Álvaro Sá o excelente trabalho que realizou com o Sr. António Soares, meu padrinho. Depois de anos em que objectivamente não tinha qualidade de vida fruto de uma intervenção despropositada efectuada no Hospital de Santos Silva em Vila Nova de Gaia agora posso afirmar sem miasmas oftalmológicas que está um outro homem.E tudo graças ao excelente labor do Sr. Doutor! Muito Obrigado!
    Votos de Continuação do excelente blog!

    ResponderEliminar
  8. Tânia Cunha16 março, 2012

    Vim por este meio agradecer ao Dr. Álvaro Sá pelo EXCELENTE trabalho que teve para comigo.
    Deixei definitivamente de usar óculos e lentes de contacto e vejo muitíssimo bem.
    OBRIGADA doutor e muitos parabéns por todo o trabalho e atenção que tem tido para comigo.

    Beijinhos,

    Tânia Cunha

    ResponderEliminar
  9. Boa noite
    Confesso que não tinha conhecimento deste seu blog, porém, após uma consulta para eventual correcção da minha miopia com laser, pus-me em campo de forma a melhor compreender o que me foi encontrado.
    Tenho 38 anos e sou saudável.
    Os dados que consegui memorizar foram: miopia com -5,75D esqª e -5,25D d.ta, astigmatismo de -1 em cada olho, córnea de ambos os olhos muito plana e com cerca de 2000 células no olho esq.º e 2800 no olho d.to, globo ocular de 2.9. A médica logo me retirou qualquer hipotese de laser ou lente intra ocular.
    Que posso eu depreender destes resultados?
    Foi-me marcada uma nova consulta para a córnea para Outubro, sendo que a médica disse nunca ter visto olhos assim e que levaria o meu caso a estudo e reunião de especialistas.
    Acha que existe algo de tão fora do comum?
    Que outras hipotese poderão haver para que eu deixe definitivamente as lentes ou óculos?
    Desde já peço desculpa pela maçada.
    Obrigada pelo cuidado
    Ana S.

    ResponderEliminar
  10. Os meus cumprimentos Dª. Ana S.
    Geralmente há quatro indices que explicam a presença de um erro refractivo (miopia, astigmatismo ou hipermetropia) num individuo. Um míope com o número de dioptrias igual ao seu, habitualmente apresenta um aumento, num ou mais dos quatro indices (comprimento axial do globo ocular, curvatura corneana, profundidade da câmara anterior e espessura do cristalino). Não é vulgar apresentar uma córnea plana, no entanto, o comprimento axial do seu globo ocular está aumentado (29mm). Pode ser esta a explicação para a sua miopia.

    Álvaro Sá

    ResponderEliminar
  11. Boa tarde Dr. Álvaro. Tenho -21 o.d. e -22 o.e. e astigmatismo. As lentes de conacto já nem sempre são confortáveis pois uso há 27 anos. Já pensei na operação mas com muito receio. E outra pergunta que não me deixa é se este tipo de operação interfere com a Esclerose múltipla. Se assim for nem vale a pena marcar uma consulta....

    ResponderEliminar
  12. Os meus cumprimentos.
    O tipo de cirurgia indicada para correcção da sua elevada miopia e astigmatismo está relacionado, não só com as características anatómicas e funcionais dos seus olhos, mas também com a sua idade. Por exemplo, se tiver cinquenta ou mais anos pode optar pela cirurgia de cristalino transparente que lhe corrige toda a miopia e o astigmatismo através do implante de uma lente tórica de câmara posterior em cada olho. A esclerose múltipla não interfere com este tipo de cirurgia, no entanto, é preciso não esquecer que este tipo de patologia pode estar na origem de vários problemas oftalmológicos, nomeadamente perda parcial do campo visual, diplopia, alteração da cores, etc.

    Álvaro Sá

    ResponderEliminar
  13. Olá Dr Álvaro, estou realmente encantada com seu blog, com seu carinho respondendo as dúvidas das pessoas com problemas de visão e ao seu profissionalismo e sabedoria sobre o assunto, o qual não encontrei em nenhum médico que fui! Desejo muito me livrar dos meus óculos de - 11 graus de miopia no olho direito e - 12,5 no esquerdo com 1 grau de astigmatismo em ambos olhos. Me falaram da cirurgia com lentes cachet mas tenho receio por ela ainda ser muito recente e poder vir dar algum complicação futura e também por ela não corrigir o astigmatismo. Meu medo também é de ver halos noturnos pois a pupila dilata bastante no escuro sobressaindo o campo da lente! Qual sua opinião doutor?? Muito obrigada! E estou muito triste por você estar longe visto que moro no Brasil.
    Atenciosamente, Raira T. 23 anos.

    ResponderEliminar
  14. Os meus cumprimentos Dª. Raira.
    Acima das 7 dioptrias de miopia, na minha opinião, deve implantar lentes intraoculares (fáquicas se tiver menos de 45 anos). Para que isso seja possível é necessário preencher algumas condições. Uma delas é o diâmetro pupilar em condições de baixa luz (simulando o entardecer ou ambientes escuros como a condução à noite). Se o diâmetro pupilar (escotópico) for igual ou superior a 5mm, na minha opinião, não deve implantar as referidas lentes, pois vai ter perturbações da visão especialmente naquelas situações em que há menos intensidade luminosa.

    Álvaro Sá

    ResponderEliminar
  15. Boa tarde Dr. Tenho 30 anos, tenho miopia e astigmatismo no olho direito e no esquerdo um chamado "herpes", que me permite ter apenas uns 10% de visão. Já me falaram em enxerto de córnea, mas nunca avancei pelo valor elevado da operação. Foi-me diagnosticado em 2008 lúpus e desde então tomo medicação, incluindo o plaquinol, que embora o meu reumatologista não seja dessa opinião, veio piorar bastante a minha visão direita. Tenho atualmente -3.75 de miopia, uso lentes de contacto diárias, mas não vejo bem como gostaria.

    A minha questão é que gostaria de poder operar o olho direito, mas a dioptrias ainda não estabilizaram e não sei que deverei fazer e naturalmente gostaria uma opinião segura e definitiva, visto que desde pequena já fui a muitos oftalmologistas.
    Obrigada pela atenção.
    Aguardo a sua reposta.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os meus cumprimentos.
      O Plaquinol pode provocar alterações oculares, nomeadamente na mácula. Deve, por isso, ser avaliada por um oftalmologista de forma regular e, em conjunto com o seu reumatologista, ajustar a dose de plaquinol ou substitui-lo por equivalente se for necessário ou possível.
      Enquanto a sua refracção não estabilizar (pelo menos dois anos sem alteração), na minha opinião, não deve pensar em corrigi-la cirurgicamente.

      Álvaro Sá

      Eliminar
  16. Boa tarde Dr. Álvaro
    Chamo me João Pedro, tenho 34 anos e sou do baixo Alentejo.
    Uso óculos á sete anos, tenho miopia OD 2,25; OE 1,75.
    Um dia destes pensei em efectuar operação (laser), para deixar de usar óculos, mas foi comunicado (clinica em Lisboa) que não poderia fazer a mesma, visto que tinha a córnea demasiado fina.
    Então consultei voltei a carga em novas pesquisas, na internet, e fui a uma clinica em Coimbra, também foi comunicado que não poderia fazer qualquer tipo de operação.
    Voltei a pesquisar e fui novamente a uma outra clinica em Coimbra, falaram me da possibilidade de colocar a lente intra-ocular, mas não poderia ficar a 100%. Visto que também tenho o chamado “Moscas volantes”. Existe algum inconveniente?
    Quanto a colocação de lente, se esta não ficar bem colocada há hipótese de a retirar e depois corrigir.
    Visto que já consultei alguns vídeos de implante de lente, se correr mal a colocação da mesma poderá levar a cegueira?
    Espero marcar uma consulta para breve.

    Cumprimentos
    João Pedro

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os meus cumprimentos Sr. João Pedro.
      Não conheço, neste momento, uma lente fáquica intraocular que consiga corrigir menos de 3 dioptrias de miopia.
      As "moscas volantes" não estão relacionadas com o implante das referidas lentes, pois são fenómenos que ocorrem na cavidade vítrea.
      As lentes fáquicas são reversíveis (a qualquer momento podem ser explantadas).
      O risco do implante destas lentes é igual ao de qualquer cirurgia intraocular.

      Álvaro Sá

      Eliminar
  17. BOA NOITE DOUTOR ÁLVARO!!!
    Daqui fala a Maria Rosa Dolores, emigrante na Polônia que está familiarizada com o seu trabalho e que se considera uma autêntica fã sua. Adoro as entrevistas que dá ao Porto canal.
    Eu vejo muito mal, já a anos que uso uns óculos de garrafa daqueles que se vêm nos filmes e há muito que penso em trocalos. Como não sei nada de polaco ou lá o que é que falam aqui peço-lhe gentilmente que me ajude nesta questão e me recomende os melhores óculos possíveis para mim se faz favor.
    Muitas beijocas da Maria Rosa Dolores

    ResponderEliminar
  18. Os meus cumprimentos Dª. Maria Rosa Dolores.
    Muito obrigado pelas suas amáveis palavras.
    Infelizmente não tenho dados suficientes para lhe recomendar uns óculos que sejam adequados para si, no entanto, tenho muito gosto em a ver quando vier a Portugal. Fico à sua espera!
    Um beijinho,

    Álvaro Sá

    ResponderEliminar
  19. Bom dia Dr. Álvaro Sá.

    Gostaria de saber se um paciente com miopia OD 23; OE 23, e que ainda tem astigmatismo, que já foi operado a um deslocamento da retina teria ainda assim condições de efetuar uma cirurgia que lhe permitisse colocar lentes intraoculares. Sei que precisaria de mais dados e cada caso é um caso, mas de um modo geral o que lhe parece? Agradeço desde já a resposta.

    Com os melhores cumprimentos

    Ricardo Morais

    ResponderEliminar
  20. Os meus cumprimentos Sr. Ricardo Morais.
    Sim, pode ser operado e corrigir a miopia e o astigmatismo com lentes intraoculares tóricas. A questão que se levanta é se o descolamento de retina atingia a mácula (pior prognóstico visual após a cirurgia) ou não atingia a mácula (melhor prognóstico visual após a cirurgia). É também fundamental reobservar toda a retina do olho operado para verificar se há zonas de "fraqueza" que possam originar novo descolamento de retina após o implante de lentes intraoculares, assim como examinar toda a retina do outro olho, pelas mesmas razões.

    Álvaro Sá

    ResponderEliminar
  21. Boa tarde doutor Álvaro,

    gostaria de saber se dá consultas ao Sábado no Hospital Lusiadas Porto.
    Parece-me que só tem vagas para a Segunda Feira.
    Muito Obrigada!

    Ilídio Roriz

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os meus cumprimentos Sr. Ilídio Roriz.
      Dou consultas no Hospital Lusíadas - Porto apenas à segunda feira (das 14h30 às 20h). Aos sábados dou consultas na Clipóvoa - Póvoa de Varzim (das 9h30 às 16h).

      Álvaro Sá

      Eliminar
  22. Boa noite Doutor,

    Gostaria de saber se existe forma de tratar ou controlar as chamadas "moscas volantes", visto que descobri isto à poucas semanas e tenho estado bastante atormentado com isto. Não tem sido nada fácil contornar esta situação, pois pelo que me dizem, não existe tratamento e torna-se difícil realizar as mais básicas tarefas do dia-a-dia.

    Obrigado desde já.

    Cumprimentos,

    Ricardo Pereira

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os meus cumprimentos Sr. Ricardo Pereira.
      A única forma de eliminar as "moscas volantes" é realizar uma Vitrectomia via pars plana, no entanto, precisa de ser informado sobre os riscos desta cirurgia.
      É importante ser observado por um oftalmologista assim que se apercebeu das "moscas volantes" e, no caso de elas aumentarem de número ou se surgirem outras queixas associadas (ex: flashs de luz, sombras fixas, limitação do campo visual, etc.).

      Álvaro Sá

      Eliminar